Covid-19: Emitidos mais de 8,7 milhões certificados de vacinação em Portugal 344

Em quatro meses, foram emitidos mais de 8,7 milhões de certificados digitais de vacinação, testagem e recuperação da covid-19, pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS).

A informação foi avançada pelo presidente dos SPMS, Luís Goes Pinheiro, à agência Lusa.

Desde 16 de junho, data em que o certificado digital covid-19 da UE começou a ser emitido em Portugal, até ao dia 19 de outubro foram emitidos 8.786.955 certificados, dos quais 8.264.017 são de vacinação, 267.235 de testagem e 255.703 de recuperação.

O certificado é cada vez menos solicitado porque mais de 85% da população já está vacinada.

Para Luís Goes Pinheiro os certificados digitais têm importância redobrada, pois “cumpriram muitas funções”, desde logo a de “dar um empurrãozinho para a vacinação”.

“Em Portugal, provavelmente, não seria necessário porque de facto os portugueses deram uma prova absolutamente extraordinária de responsabilidade, mas o certificado não é só português, é um certificado europeu e acho que foi importante para dar esse empurrão para a vacinação”, explicou.

Luís Goes Pinheiro chamou ainda a tenção para a validade dos certificados, que é de 180 dias, e que procedam à sua renovação na aplicação móvel SNS24, no portal do SNS24 ou nos Espaços Cidadão.

A SPMS é a entidade responsável pela emissão dos certificados, pela Linha SNS24 e pelos sistemas de tecnologia de informação do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Envie este conteúdo a outra pessoa