Relações entre farmacêuticas e Paulo Macedo degradam-se 0 138

Relações entre farmacêuticas e Paulo Macedo degradam-se
17-Abr-2014

sabiam da intenção, mas não acreditavam que o Governo avançasse com uma taxa sobre as vendas do setor. Ministro prefere acordo para cortar despesa, mas negociações estão tensas.

As relações entre o Ministério da Saúde e as empresas da Indústria Farmacêutica que assinaram os acordos de redução da despesa nos anos anteriores degradaram-se nos últimos meses, sabe o “Diário Económico”. No caminho de um acordo para 2014 sobre a meta de redução da despesa com medicamentos estão vários obstáculos, entre os quais um diferendo sobre o fecho dos valores a pagar pelas farmacêuticas, ainda resultantes do acordo de 2012.

Envie este conteúdo a outra pessoa