Portugal atingiu 86% da população completamente vacinada contra a covid-19 166

De acordo com os dados divulgados pela Direção-Geral da Saúde (DGS), cerca de 86% da população portuguesa já está completamente vacinada contra o novo coronavírus. Portugal tem agora mais de nove milhões de pessoas com pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19.

O relatório semanal da DGS registou quase 8,9 milhões de pessoas com a vacinação completa, o que representa 86% da população. Trata-se de um ligeiro avanço face aos 85% registados na semana anterior.

O total de pessoas com pelo menos uma dose da vacina recebida é de pouco mais de nove milhões de pessoas, o que corresponde a 87% da população nacional.

A cobertura vacinal por faixa etária demonstra que a partir dos 65 anos a população está completamente imunizada, dado que 100% dos residentes em Portugal estão vacinados com as duas doses.

Todas as pessoas, entre os 50 e os 64 anos, têm pelo menos uma dose, faltando apenas inocular cerca de 1% desta faixa etária com a segunda dose da vacina. Feitas as constas, cerca de 2,1 (99%) milhões de pessoas, pertencentes a esta faixa etária, estão completamente vacinadas.

Entre os 25 e os 49 anos, cerca de 96% dos cidadãos (quase 3,2 milhões de pessoas) têm, pelo menos, uma dose da vacina, ao passo que 93% desta faixa etária já está completamente vacinada.

Nas faixas etárias mais jovens, verificou-se que a cobertura vacinal é mais baixa, mas, ainda assim, está acima dos 85%. Cerca de 92% dos jovens entre os 18 e os 24 anos têm, pelo menos, uma dose da vacina, sendo que 89% desta faixa etária já está completamente vacinada.

Entre os 12 e os 17 anos, um total de 89% tem pelo menos uma dose da vacina, enquanto a vacinação completa abrange 86% deste grupo etário.

A análise da cobertura vacinal por região mostra que o Algarve é a zona do país mais atrasada no processo, dado que apenas 80% das pessoas possuem a vacinação completa.

Em Lisboa e Vale do Tejo, cerca de 84% da população tem a vacinação completa, sendo que os valores são superiores no Alentejo e no Centro (87%) e no Norte (88%).

Nas duas regiões autónomas, Açores e Madeira, a percentagem da população com as duas doses da vacina contra o vírus SARS-CoV-2 é de 83%.

Envie este conteúdo a outra pessoa