Pico da gripe entre o Natal e segunda semana de 2020 606

O Centro de Estudos e Avaliação em Saúde (CEFAR), da Associação Nacional das Farmácias (ANF), divulgou hoje que prevê o período de maior atividade da gripe em Portugal ocorra entre o Natal e a segunda semana de janeiro.

Aquele organismo da ANF consegue antecipar em duas semanas a fase mais severa de contágios, com base nos dados diários da dispensa de medicamentos e produtos de saúde para infeções respiratórias, acrescentando, em comunicado, que o início da fase epidémica ocorreu há duas semanas.

Nuno Rodrigues, da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, que colaborou na construção do modelo, acredita que «este novo instrumento tem grande valor para a Saúde Pública porque permite alertar a população para a necessidade de reforçar os comportamentos preventivos». O especialista acrescentou ainda que «dá mais tempo aos serviços de Saúde para planificarem a sua resposta».

Por seu turno, António Teixeira Rodrigues, diretor do CEFAR, afirma que «as farmácias têm todos os dias mais de meio milhão de oportunidades de contribuição para a Saúde Pública, através da dispensa de medicamentos, administração de vacinas e aconselhamento à população». O responsável constata que «esse contacto maciço com a população permite reunir dados estatísticos em Saúde de grande valor para a sociedade».

Envie este conteúdo a outra pessoa