Paulo Macedo quer acordo para cortar 400 milhões nos medicamentos 361

Paulo Macedo quer acordo para cortar 400 milhões nos medicamentos

11-Fev-2014

Governo e APIFARMA estão a tentar um novo acordo para cortar na despesa com fármacos este ano.

O ministro da Saúde quer fechar um novo acordo com a Indústria Farmacêutica para reduzir a despesa com medicamentos este ano e lançou para a mesa das negociações um corte de 400 milhões de euros.

O valor proposto por Paulo Macedo é visto pela APIFARMA como impraticável. Os laboratórios estão dispostos a aceitar o ónus de uma redução da despesa na ordem dos 122 milhões de euros, sabe o “Diário Económico”.

Envie este conteúdo a outra pessoa