Governo japonês apresentou queixa contra filial da farmacêutica Novartis 276

Governo japonês apresentou queixa contra filial da farmacêutica Novartis

09-Jan-2014

O Ministério da Saúde do Japão apresentou uma queixa-crime contra a filial japonesa da farmacêutica suíça Novartis por alegada publicidade enganosa sobre o tratamento contra a hipertensão Diovan, também conhecido como Valsartan.

A queixa é apresentada depois de duas universidades japonesas terem revelado a sua suspeita de manipulação de dados clínicos pela Novartis Pharma com o objetivo de exagerar a eficácia de um medicamento contra a hipertensão, comercializado no Japão sob o nome Diovan (ou Valsartan). De acordo com a “Lusa”, o ministro da Saúde, Norihisa Tamura, caracterizou o incidente como «extremamente lamentável».

Envie este conteúdo a outra pessoa