Esgotou-se o prazo para as empresas assinarem protocolo 216

18 de setembro de 2014

Terminou ontem o prazo indicativo para as empresas da Indústria Farmacêutica assinarem o protocolo celebrado entre a APIFARMA e o Ministério da Saúde para a redução da despesa pública com medicamentos.

O “Diário Económico” sabe que, até à véspera do “dia D”, algumas das principais multinacionais do setor ainda não tinham assinado o protocolo, colocando em risco, pelo menos em teoria, a viabilização do mesmo (que impõem que as empresas que assinem valham pelo menos 70% da despesa).

A resistência ou recusa de algumas empresas tem a ver com a fórmula de repartição do esforço de poupança pelo setor encontrada pela APIFARMA, que penaliza mais as empresas com vendas concentradas nos hospitais. As empresas que vendem mais para as farmácias queixam-se de terem sido mais penalizadas nos últimos três anos. Nem o Ministério da Saúde, nem a APIFARMA estiveram disponíveis para comentar.

Envie este conteúdo a outra pessoa