Designação de Terapia Inovadora atribuida ao mobocertinib 276

A Takeda anunciou, através de comunicado, que a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA atribuiu a designação de Terapia Inovadora ao medicamento experimental mobocertinib (TAK-788) para o tratamento de doentes com cancro do pulmão de não pequenas células (CPNPC) metastático com mutações de inserção no exão 20 do recetor do fator de crescimento epidérmico (EGFR), cuja doença progrediu durante ou após quimioterapia à base de platina.

Mobocertinib é um inibidor altamente seletivo da tirosina cinase (TKI) que tem como alvo as mutações de inserção do exão 20 do EGFR e EGFR2 (HER2) humano.

Atualmente, não existem terapias aprovadas para tratar esta forma de CPNPC.

A designação de Terapia Inovadora é atribuída no sentido de acelerar o desenvolvimento e revisão regulamentar de novos medicamentos que se destinam a tratar doenças graves ou potencialmente fatais.

Envie este conteúdo a outra pessoa