A importância do Self Care como investimento em Saúde 0 184

Há muito que o conceito “saúde” vai para além da ausência de doença. A Organização Mundial de Saúde (OMS) define Saúde como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não consistindo somente da ausência de uma doença ou enfermidade”.

A população portuguesa tem vindo a consciencializar-se dos benefícios da prática regular de exercício físico, de uma alimentação saudável e da adoção de hábitos de vida saudáveis. Não está, contudo, informada, como seria desejável, sobre a importância e benefícios que a utilização regular de suplementação pode trazer, quer para a manutenção de um bom estado de saúde, quer para a prevenção de algumas doenças.

Portugal, apesar de seguir tendências europeias e mundiais, tem, no entanto, algumas fragilidades – menos poder de compra / informação, que dificultam o acompanhamento do crescimento da utilização de produtos Self Care, verificado, no geral, noutros países.

É do conhecimento de todos que a esperança de vida está a aumentar e que esta tendência é para se manter. Consequentemente, a incidência de doenças relacionadas com a idade e decorrentes de estilos de vida menos adequados, como a Diabetes Mellitus II ou as doenças cardiovasculares, aumentará.

Face a este paradigma, o nosso foco deve ser viver e envelhecer com a maior qualidade possível. Para tal, é de extrema importância adotarmos atitudes preventivas de Self Care, o quanto antes.

Uma suplementação adequada, como complemento de uma alimentação equilibrada, trará grandes benefícios imediatos e futuros no bem-estar e saúde das pessoas.
Existem inúmeros estudos, alguns de fácil acesso, que comprovam a ação de diversos nutrientes na promoção da Saúde.

Atualmente, os suplementos alimentares são definidos como “os géneros alimentícios que se destinam a complementar e ou suplementar o regime alimentar normal e que constituem fontes concentradas de determinadas substâncias nutrientes ou outras com efeito nutricional ou fisiológico, estremes ou combinada, comercializadas sob a forma pré-embalada e doseada”.

Algumas alegações de saúde, relativas a diversos nutrientes, comprovam a validade dos mesmos.
Assim:
– “O crómio contribui para a manutenção de níveis normais de glicose no sangue”
– “O magnésio contribui para a redução do cansaço e da fadiga e para o normal funcionamento muscular”
– Ou “A Vitamina C contribui para o normal funcionamento do sistema imunitário”

estão aprovadas pela EFSA (Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar), na sequência de muitos anos de estudos científicos de relevante qualidade e oportunidade.
Os consumidores devem ser, por isso, convenientemente informados e aconselhados, para que tenham uma participação ativa nos cuidados próprios que escolhem.

Uma referência especial para a Diabetes – cujo dia mundial da doença se assinala em novembro – que, apesar das várias ações de sensibilização e combate, quer na vertente da prevenção, quer na vertente do tratamento, continua a crescer perigosamente.

Trata-se de uma doença que afeta aproximadamente 420 milhões de pessoas em todo o mundo e com uma prevalência em Portugal de 13,3 % da população entre os 20 e os 79 anos (cerca de 1 milhão de pessoas – tendo em conta os últimos dados publicados). São dados preocupantes que se revestem de especial gravidade, quando se refere que 44% das pessoas com diabetes ainda não está diagnosticada.

Neste combate, é absolutamente essencial a adoção de uma atitude Self Care, em todas as suas vertentes, começando, desde logo pelo diagnóstico precoce, com medição e controlo dos níveis de glicémia e, caso se justifique, rápido encaminhamento para o médico.

A importância do Self Care na promoção da saúde e na prevenção de doenças agudas ou crónicas relacionadas com a idade – como a Diabetes Mellitus ou as Doenças Cardiovasculares -, traduzir-se-á em mais qualidade de vida, saúde e bem-estar das populações, com consideráveis poupanças para o Estado nas despesas de Saúde.

Self Care, mais do que a prática de cuidados pessoais, é uma atitude e uma forma de estar na vida!

Dr.ª Mariana Azevedo
Farmacêutica e Diretora de Marketing da Ampliphar – Produtos Farmacêuticos

Envie este conteúdo a outra pessoa