162 médicos investigados por fraudes ao SNS desde 2011 0 69

162 médicos investigados por fraudes ao SNS desde 2011

13-Jan-2014

Desde 2011 o Ministério da Saúde remeteu 198 processos sobre fraudes no Serviço Nacional de Saúde (SNS) às autoridades judiciais.

A maioria dizia respeito a burlas com receitas e medicamentos. Daí que 162 processos envolvam médicos, 31 farmácias, três instituições convencionadas de meios complementares de diagnóstico e terapêutica e dois utentes. Os dados foram revelados pelo próprio ministério que garante que o combate à fraude vai continuar, revelou o “Diário de Notícias”.

Aliás, só na semana passada foram detidos mais dez suspeitos, seis deles médicos, no âmbito de uma megaoperação “Consulta Vicentina”, desenvolvida pela Polícia Judiciária, por falsificação de documento, burla qualificada, corrupção e associação criminosa.

Envie este conteúdo a outra pessoa