Vacina portuguesa à espera de apoio do Estado para avançar com ensaios clínicos 252

A empresa portuguesa, Immunethep, encontra-se à espera de financiamento do Estado para avançar com os ensaios clínicos da sua vacina contra a covid-19.

Os testes clínicos estavam programados para ocorrer em setembro, mas a ausência de financiamento por parte do governo português inviabilizou o seguimento do processo.

“O que aconteceu com quase todas as vacinas é que houve um forte apoio do Governo. Apesar dos contactos que houve e de algumas reuniões, ainda estamos à espera”, lamentou o diretor executivo da Immunethep, Bruno Santos, em declarações à Lusa.

Segundo o responsável da empresa biotecnológica, sediada em Cantanhede, no distrito de Coimbra, se já houvesse garantias de financiamento por parte do Governo, a empresa já poderia estar “a pedir autorização dos ensaios clínicos ao Infarmed para começarem” este mês. 

De realçar que é necessário um financiamento próximo dos 20 milhões de euros para a fase de testes clínicos.

Já sobre a possibilidade de recorrer a fundos europeus, o líder da empresa biotecnológica explica que só é possível obter “80% de financiamento”, mas realça que existe “uma série de investidores interessados em cobrir os restantes 20%”.

O prazo de decisão para a candidatura submetida termina no fim deste ano.

Envie este conteúdo a outra pessoa