UMinho cria plataforma gratuita de autoavaliação da dor crónica 533

O Centro de Medicina Digital P5 da Escola de Medicina da Universidade do Minho (UMinho) lançou uma plataforma gratuita de autoavaliação da dor crónica.

Em comunicado, a UMinho explica que esta é uma ferramenta “única em Portugal”.

Foi desenvolvida por uma equipa multidisciplinar da Escola de Medicina, para ajudar a identificar situações que possam beneficiar de encaminhamento para os cuidados de saúde ou aconselhar a marcação de uma consulta.

Para além da plataforma, o P5 lançou ainda um programa de monitorização para a gestão da dor crónica, com estratégias individuais para o combate à dor.

O P5 anunciou ainda que está para breve o lançamento de um programa de consultoria para profissionais de saúde e cuidadores, com informação e formação especializada no campo da dor crónica.

Pode consultar a plataforma aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa