Todas as crianças com diabetes tipo 1 vão ter bombas de insulina 0 102

Todas as crianças com diabetes tipo 1 vão ter bombas de insulina

09 de Janeiro de 2014

O Ministério da Saúde vai alargar o acesso às bombas de insulina a todas as crianças e jovens com diabetes tipo 1. Até ao momento, o dispositivo, que ajuda a controlar melhor a doença, só estava disponível para crianças até aos cinco anos. O previsto é que até 2019 todos os doentes até aos 18 anos possam usar este mecanismo.

Já no próximo ano, todas as crianças até 10 anos terão uma bomba de insulina: serão pelo menos 230. A medida, publicada em Diário da República uma semana antes do Dia Mundial da Diabetes – que se assinala a 14 – cumpre uma resolução do Parlamento de 2015, avançou o “DN”.

«A bomba de insulina é sem dúvida o melhor tratamento. O que queremos é levar ao maior número de pessoas este tipo de tratamentos. Infelizmente os recursos são limitados», explicou Cristina Valadas, coordenadora do Programa Nacional para a Diabetes.

Não se conhece a estimativa de custos, mas o despacho refere que a compra dos dispositivos e do material necessário será feita de forma centralizada pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde e serão os centros de tratamento já identificados (cerca de 14) a dar as bombas aos doentes.

Envie este conteúdo a outra pessoa