Presidente da República faz homenagem a Odette Ferreira 0 380

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai presidir à inauguração da exposição dedicada a Odette Ferreira, farmacêutica, no Museu da Farmácia.

Num comunicado de imprensa redigido pela instituição, informa-se que a homenagem se realiza no dia 21 de Fevereiro, às 14h30 e que também estão confirmadas as presenças do secretário de Estado-adjunto e da Saúde, Francisco Ramos; da bastonária da OF, Ana Paula Martins; e do Presidente da ANF, Paulo Cleto Duarte.

A exposição “Odette Ferreira – Construir Futuros” é uma homenagem a uma das mais reconhecidas cientistas portuguesas, responsável pela descoberta do vírus VIH-sida de tipo 2, e pelo estudo das bactérias hospitalares. Foi ainda coordenadora da Comissão de Luta Contra a Sida, entre 1992 e 2000.

A mostra expõe objetos da vida profissional e pessoal de Odette Ferreira. Será apresentado o diário científico, manuscrito onde registou todos os passos da investigação para a descoberta do vírus VIH/sida tipo 2, em 1985. Alguns exemplos de objetos que farão parte são o microscópio de trabalho e o casaco onde transportou, de forma não convencional, a amostra de sangue para Paris, a partir da qual seria descoberto o vírus. Os visitantes podem ver também os tubos com as estirpes das bactérias que deram origem ao doutoramento sobre as infeções hospitalares. O primeiro kit utilizado nas farmácias para o Programa Troca de Seringas é outra das peças apresentadas.

À entrada, os visitantes vão experienciar o isolamento e marginalização a que eram sujeitos os doentes seropositivos, representando o oposto da posição de Odette Ferreira face ao VIH-sida. Falecida em Outubro, aos 93 anos, «a professora sempre lutou contra o estigma, através de campanhas, atitudes e iniciativas de apoio às pessoas seropositivas», reforça a curadora da exposição, Paula Basso.

A inauguração contará com as intervenções de José Moniz-Pereira, professor catedrático do departamento de Microbiologia e Imunologia da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, e de Paulo Vieira, professor associado no departamento de Imunologia do Instituto Pasteur (Paris). O académico vai ler o depoimento da Prémio Nobel de Medicina de 2008, Françoise Barré-Sinoussi, colega de investigação de Odette Ferreira no Instituto Pasteur.

Envie este conteúdo a outra pessoa