Portugal já doou cerca de sete milhões de vacinas contra a covid-19 545

De acordo com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, Portugal já doou cerca de sete milhões de vacinas contra a covid-19.

“Nós até agora disponibilizámos praticamente sete milhões de vacinas”, indicou o governante à agência Lusa, numa reunião conjunta de ministros dos Negócios Estrangeiros e da Saúde da União Europeia (UE) em Lyon, França.

Segundo Augusto Santos Silva, metade destas vacinas foi entregue aos países africanos de língua portuguesa (PALOP) e Timor-Leste, e a outra metade foi entregue “noutras geografias que não a de cooperação tradicional de Portugal, no resto da Europa, noutros países africanos que não são de língua portuguesa, países latino-americanos ou do Médio Oriente ou da Ásia”.

O governante lembrou que esta doação se trata de “mais um passo de cooperação na área da saúde” com países africanos de língua portuguesa, indicando que desde o início da pandemia, Portugal tem apoiado as nações com testes, equipamentos de proteção individual, formação de profissionais de saúde e de governos civis.

Dados da Comissão Europeia revelam que a UE já mobilizou um apoio financeiro de 46 mil milhões de euros para ajudar 130 países para a resposta e recuperação da covid-19, com quase um quarto desse montante, cerca de 10 mil milhões, a ser destinado a África.

A UE é também uma das doadoras do mecanismo de acesso a vacinas Covax, no âmbito do qual prometeu alocar três mil milhões de euros, tendo já partilhado 407,4 milhões de doses de vacinas anticovid-19 com as regiões mais desfavorecidas do mundo.

O objetivo de Bruxelas é de chegar até meados de 2022 com um total de 700 milhões de doses doadas.

WordPress Ads

Envie este conteúdo a outra pessoa