Novo fármaco pode retardar sintomas da doença de Parkinson 0 132

Novo fármaco pode retardar sintomas da doença de Parkinson

 


04 de agosto de 2017

Um estudo clínico, elaborado por investigadores da Universidade de Binghamton, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo fármaco que pode limitar a progressão da doença de Parkinson.

O novo medicamento, conhecido como D-512, foi administrado a 62 pacientes, que, ao longo do tempo em que decorreu o estudo, apresentaram melhorias nos sintomas da doença, sendo que revelaram menos efeitos secundários. Os medicamentos atualmente existentes no mercado para o tratamento da doença de Parkinson, apesar de controlarem os sintomas, perdem a sua eficácia ao longo do tempo.

Citada pelo portal “World Pharma News”, a equipa de investigadores explica que o medicamento D-512 não é apenas uma descoberta importante porque trata os sintomas de Parkinson mas também porque «a molécula tem um efeito antioxidante que diminui o stress oxidativo das células do cérebro, que aparenta ser a maior causa para o aparecimento da doença de Parkinson».

Depois desta descoberta, os cientistas pretendem perceber se, a longo prazo, o composto químico continua a ter efeitos nos doentes, garantindo que os testes clínicos vão continuar.

Envie este conteúdo a outra pessoa