Lucro da Sanofi recua 49,4% em 2021 para 6.223 ME 548

A Sanofi revelou que teve um lucro de 6.223 milhões de euros em 2021, menos 49,4% face ao ano anterior.

Segundo a Sanofi, este resultado foi influenciado pela venda das ações da Regeneron, em 2020.

A Sanofi explica, em comunicado, que os resultados do grupo, fora esta operação extraordinária, “melhoraram significativamente” devido ao aumento das vendas e da rentabilidade do negócio.

A faturação homóloga cresceu 4,8% em valores brutos e 7,1% em valores comparáveis, respetivamente, para 37.761 milhões de euros.

A empresa refere ainda que o seu medicamento Dupixent, usado para a asma e em algumas dermatites, lhe rendeu 5.200 milhões de euros, quase mais 35% que no ano anterior.

A margem bruta, por sua vez, aumentou 6,6% para 26.924 milhões de euros, passando a representar 71,3% do volume de negócios, face aos 70,1% do ano precedente, lê-se no comunicado.

Quanto à margem líquida gerada pelas suas atividades, a Sanofi revelou que aumentou em 1,3 pontos percentuais para 28,4%.

Para este ano, a empresa antecipa um aumento de dois dígitos do lucro líquido por ação, apesar de ter indicado um intervalo de variação mais baixo para este indicador financeiro.

Envie este conteúdo a outra pessoa