Infarmed retira do mercado o dispositivo médico MagnetON MAX Energy MED 110

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. (Infarmed), emitiu uma Circular Informativa, onde indica a retirada do mercado e de serviço do dispositivo médico MagnetON MAX Energy MED, do fabricante Energy Noma Medica.

Esta retirada do mercado deve-se à falta da devida avaliação da conformidade do dispositivo médico.

“A autoridade competente polaca ordenou a retirada do mercado e de serviço do dispositivo médico MagnetON MAX Energy MED, do fabricante Energy Noma Medica Ltd., dado o fabricante o ter colocado no mercado sem a devida avaliação da conformidade”, explica o Infarmed.

A Autoridade do Medicamento indica ainda que “em Portugal não foram identificados registos da comercialização de dispositivos médicos deste fabricante mas, atendendo a que existe livre circulação de produtos no Espaço Económico Europeu, o Infarmed recomenda que o dispositivo supramencionado não seja adquirido nem utilizado”.

Pode consultar a Circular Informativa aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa