INFARMED comunica mais três produtos ilegais 0 414

Yohimbe 500 mg, Slimex e Japan Tengsu são produtos ilegais, avançou o INFARMED em comunicado. Em causa está a composição destes produtos e a não autorização dos mesmos no mercado em Portugal.

Após análises laboratoriais do INFARMED, conclui-se que o Yohimbe 500 mg contém a substância ativa ioimbina, o Japan Tengsu contém a substância ativa sildenafil, esta última igualmente presente na composição do Slimex. Na embalagem do Slimex está referido que este contém também sibutramina, substância que foi retirada do mercado europeu por constituir um risco para a saúde, e ainda fenolftaleína.

O INFARMED reforça: «Atendendo a que não está garantida a qualidade, segurança e eficácia destes produtos, a sua utilização é proibida em Portugal».

Como se pode ler no site da entidade referida, as apreensões foram feitas na alfândega e resultam de um protocolo entre o INFARMED e a Autoridade Tributária e Aduaneira para combate à falsificação de medicamentos.

A Autoridade Nacional do Medicamento e dos Produtos de Saúde faz as habituais advertências às entidades, de proibição da sua venda, dispensa ou administração, e aos utentes da sua não utilização.

Os produtos têm provavelmente origem em vendas pela internet, não tendo sido encontrados nos circuitos legais, como farmácias.

Envie este conteúdo a outra pessoa