Infarmed alerta para medicamentos contendo valproato e ácido valpróico 0 341

Através do seu portal, a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) alerta para os cuidados a ter com medicamentos contendo valproato e ácido valpróico.

“Devido ao risco de malformações no feto e problemas de desenvolvimento nas crianças após o nascimento, têm vindo a ser implementadas diversas medidas para evitar a exposição intrauterina aos medicamentos contendo valproato ou substâncias relacionadas”, indica o Infarmed.

De modo a minimizar o risco e a prevenir novos casos de “exposição de mulheres grávidas aos valproatos”, o Infarmed aconselha o farmacêutico comunitário a no ato da entrega do medicamento ao utente, explicar o seu conteúdo, assim como reforçar mensagens de segurança, incluindo a necessidade de contraceção eficaz.

Para além disso, o Infarmed apela a que os farmacêuticos aconselhem sempre a não “pararem a toma de valproato e para contactarem imediatamente um especialista no caso de planeamento ou suspeita de gravidez”.

O Infarmed recorda que estas informações já foram “comunicadas aos profissionais de saúde – médicos e farmacêuticos – através da Comunicação dirigida aos profissionais de saúde de 21 de dezembro de 2018 e reforçadas no Boletim de Farmacovigilância de setembro de 2019”.

Envie este conteúdo a outra pessoa