Inaugurada construção da maior fábrica de vacinas em Marrocos 323

O rei de Marrocos, Mohamed VI, inaugurou a construção de uma fábrica de vacinas contra a covid-19, perto de Casablanca.

A informação foi avançada pela agência MAP.

O projeto, instalado na cidade de Benslimane, localizada a cerca de 55 quilómetros de Casablanca, pretende ser a maior fábrica de África e garantir a autossuficiência do continente.

Com um investimento de cerca de 200 milhões de euros, a fábrica será dedicada à produção de seringas pré-carregadas, frascos para líquidos e frascos liofilizados, estando previsto o início da produção dos lotes de teste para 30 de julho, e terá uma capacidade de produção de 116 milhões de unidades, em 2024.

A fábrica pretende, entre 2022 e 2025, produzir mais de 20 tipos de vacinas e produtos bioterapêuticos, incluindo três vacinas contra a covid-19, para cobrir 70% das necessidades do país e 60% das de África.

A nova fábrica, que será denominada SENSYO Pharmatech, é fruto de uma parceria entre os setores público e privado, em particular com a empresa sueca Recipharm, uma das líderes mundiais do setor.

Segundo a agência MAP, Marrocos produz localmente mais de três milhões de doses de vacinas Sinopharm por mês e a capacidade de produção deverá aumentar para cerca de cinco milhões, a partir de fevereiro de 2022, e mais de 20 milhões por mês até o final de 2022.

Envie este conteúdo a outra pessoa