Hepatite C: Taxa de sucesso dos tratamentos é de 96% 0 116

Hepatite C: Taxa de sucesso dos tratamentos é de 96%

 


28 de julho de 2017

Segundo dados do INFARMED, mais de 96% dos doentes que iniciaram tratamentos contra a hepatite C ficaram curados.

A Autoridade Nacional do Medicamento autorizou mais de 17 mil tratamentos, tendo sido iniciados cerca de 11 mil.

A propósito do Dia Mundial Contra as Hepatites, que se assinala hoje, a Organização Mundial de Saúde divulgou dados que mostram que as hepatites virais provocaram 1,34 milhões de mortos em 2015. Este número é comparável ao das mortes causadas pela tuberculose e é maior do que as provocadas pelo VIH.

Quase todos os países criaram comités nacionais de alto nível para a eliminação das hepatites, assim como planos e objetivos associados, e mais de metade consignou fundos específicos para este fim. O Dia Mundial Contra as Hepatites é uma oportunidade para impulsionar as iniciativas com vista à aplicação da primeira estratégia mundial do setor da saúde contra as hepatites víricas (2016-2021) e ajudar os Estados-membros a conseguir o objetivo final: eliminar as hepatites.

Para o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, «é compensador observar que os países estão a concretizar os seus compromissos em medidas para fazer frente às hepatites».

«Escolher as intervenções com maior repercussão é um passo em frente fundamental para pôr fim a esta doença devastadora. Muitos países conseguiram aumentar a cobertura da vacinação contra a hepatite B e, agora, devemos reforçar os esforços para aumentar o acesso ao diagnóstico e ao tratamento», sublinhou.

Em Portugal, o Dia Mundial Contra as Hepatites será assinalado com a apresentação do relatório do Programa Nacional para as Hepatites Virais (2016-2017) e das linhas estratégicas do Programa Nacional para as Hepatites Virais (2017-2018), avança a “Lusa”.

Na sessão participará o cantor Rui Reininho, para a apresentação do testemunho «Hepatite C na primeira pessoa».

Envie este conteúdo a outra pessoa