GSK e Vir Biotechnology anunciam estudo para tratamento precoce da covid-19 131

A GlaxoSmithKline (GSK) e a Vir Biotechnology anunciaram um acordo sobre a plataforma de ensaios AGILE, no Reino Unido, para avaliar num ensaio clínico de fase 1b/2a, a utilização de VIR-7832 em doentes com covid-19.

O VIR-7832 é um anticorpo neutralizador de covid-19, cujos dados pré-clínicos sugerem que tenha a capacidade de limpar células infetadas e capacidade para melhorar a função das células T específicas do vírus, o que pode ajudar a tratar e/ou prevenir a infeção por covid-19.

Este será o segundo anticorpo monoclonal, resultado da colaboração Vir-GSK, a ser estudado como um potencial tratamento para a covid-19. O primeiro anticorpo foi o VIR-7831, que está a ser estudado em dois estudos globais de fase 3, para o tratamento precoce da covid-19 em doentes com alto risco de hospitalização e para doentes hospitalizados com covid-19.

A plataforma de ensaios AGILE, é a primeira a testar o VIR-7832 em humanos, e usa modelos estatísticos que permitem a avaliação de medicamentos candidatos ao tratamento da covid-19.

Esta é uma colaboração entre a University of Liverpool, a Liverpool School of Tropical Medicine, a Liverpool University Hospitals NHS Foundation Trust, a University of Southampton e a Lancaster University, coordenada pela Unidade de Ensaios Clínicos de Southampton do National Institute for Health Research, através da UK Clinical Research Facility Network.

O início dos ensaios está previsto para o primeiro trimestre de 2021, em vários locais no Reino Unido.

Envie este conteúdo a outra pessoa