GlaxoSmithKline e Novartis concluem conjunto de operações comerciais 0 81

GlaxoSmithKline e Novartis concluem conjunto de operações comerciais

04 de Março de 2015

A GlaxoSmithKline (GSK) e a Novartis anunciaram a realização de um conjunto de operações divulgadas no ano passado, incluindo a venda da unidade de oncologia da empresa britânica, à farmacêutica suíça, por 16 mil milhões de dólares em dinheiro.

No âmbito dos vários negócios, a GSK adquiriu a unidade de vacinas da Novartis, à exceção das vacinas para a gripe, a partir de um pagamento inicial em dinheiro de 5,25 mil milhões de dólares. As empresas criaram ainda uma joint venture dedicada aos cuidados de saúde do consumidor.

Andrew Witty, CEO da GSK, disse que «a conclusão deste acordo representa um grande passo para criar um conjunto de negócios mais forte e equilibrado no âmbito farmacêutico, do cuidado de saúde do consumidor e das vacinas», citou o “FirstWord”. A empresa indicou que, depois do acordo, planeia utilizar os recursos para financiar um retorno de capital de 6,2 mil milhões de dólares para os acionistas.

Joseph Jimenez, CEO da Novartis, realçou que «as operações de negócio vêm realçar as nossas posições de liderança em segmentos de negócio importantes em crescimento».

Jimenez acrescentou: «Esperamos que esta evolução da nossa estratégia melhore a nossa performance e nos posicione adequadamente de forma a conhecermos mudanças futuras na indústria dedicada aos cuidados de saúde».

A Comissão Federal do Comércio dos EUA autorizou, no mês passado, os negócios propostos, tendo a Novartis concordado alienar todos os ativos relacionados com os seus inibidores experimentais BRAF e MEK. Para além disso, os reguladores na Europa aprovaram os acordos, em janeiro, depois de ambas as empresas concordarem ceder certos produtos.

Envie este conteúdo a outra pessoa