Farmácias venderam em 2020 menos 15 mil pílulas do dia seguinte do que em 2019 211

De acordo com dados divulgados pelo Jornal de Notícias, fornecidos pela consultora IQVIA Portugal, as farmácias venderam em 2020, 157 mil caixas de pílulas do dia seguinte, menos 15 400 que no ano anterior. Em média, foram comercializadas 430 embalagens diariamente.

Esta quebra nas vendas resulta na faturação de 2,5 milhões de euros em 2020, menos 237.200 mil euros do que em 2019 que se faturou 2,8 milhões, indica a IQVIA.

Os principais motivos para esta diminuição foi o confinamento, uma vez que diminuíram relações sexuais inesperadas, mais informação e disponibilização de métodos contracetivos grátis pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

As causas para uso deste meio contracetivo de emergência são maioritariamente o esquecimento da toma da pílula contracetiva habitual ou a má utilização do preservativo. A opinião é de Paula Pinto, psicóloga da Associação para o Planeamento Familiar, citada pelo Jornal de Notícias.

Envie este conteúdo a outra pessoa