Estudo: Uso de paracetamol no início da gravidez pode levar a atrasos na fala das bebés 0 126

Estudo: Uso de paracetamol no início da gravidez pode levar a atrasos na fala das bebés

 


02 de março de 2018

Uma investigação recente revelou que a probabilidade de as raparigas cujas mães tomaram paracetamol seis ou mais vezes durante o primeiro trimestre de gravidez apresentarem um atraso no desenvolvimento da fala é 5,9 vezes maior do que nas meninas cujas mães não tomaram paracetamol.

Publicado na revista “European Psychiatry”, o estudo avaliou 754 mães e respetivos bebés com 30 meses de idade e concluiu não haver relação entre o uso de paracetamol e o atraso no desenvolvimento da fala, no caso dos rapazes.

As meninas cujas mães apresentavam concentrações de paracetamol na urina mais elevadas tinham 10,3 vezes mais probabilidade de ter um atraso no desenvolvimento da fala do que as filhas de grávidas com concentrações mais reduzidas, lê-se numa notícia avançada pelo “The Pharmaceutical Journal online”.

Envie este conteúdo a outra pessoa