Covid-19: Vacina da Janssen produziu resposta imunitária por dois meses com uma toma 225

A Johnson & Johnson anunciou que a sua vacina contra a covid-19 produziu uma resposta imunitária que durou mais de dois meses com uma única toma.

A vacina, desenvolvida pela Janssen Pharmaceutical, uma empresa do grupo, concluiu as primeira e segunda fases dos testes clínicos.

Segundo os dados a resposta imune durou “pelo menos 71 dias” nos participantes entre 18 e 55 anos.

O grupo irá divulgar os resultados da terceira fase de ensaios, ainda durante o mês de janeiro, partindo de uma análise provisória em que a vacina candidata “foi geralmente bem tolerada em todos os participantes”.

De acordo com os estudos clínicos 90% dos participantes que tomaram a vacina desenvolveram anticorpos neutralizantes 29 dias após a inoculação e 100% entre os 18 a 55 anos tinham anticorpos no 57º dia, uma reação que se manteve 71 dias depois de terem recebido a vacina.

Se se provar que a vacina de toma única é eficaz e segura, a Janssen vai pedir à autoridade do medicamento norte-americana, a FDA, uma autorização de uso de emergência, seguindo-se o mesmo pedido a outros reguladores.

Envie este conteúdo a outra pessoa