Covid-19: Vacina considerada segura no primeiro ensaio vai ser aplicada em grupos de risco 211

Uma vacina criada na Universidade de Flinders, em Adelaide, Austrália, denominada por Covax-19, apresentou resultados de resposta imunológica na primeira fase de ensaios clínicos, e vai agora entrar na segunda fase de testes.

Na primeira fase de ensaios clínicos foi aplicada a 40 voluntários que não apresentaram quaisquer efeitos secundários. Nesta segunda fase vai ser aplicada em 500 indivíduos, bem como idosos e outros grupos considerados de risco para a covid-19, com o objetivo de se começar já a imunizar os mais vulneráveis ao vírus.

De acordo com a equipa de investigadores australianos, liderada pelo professor Nikolai Petrovsky, conseguiu-se “confirmar que a vacina Covax-19 consegue induzir uma resposta imunológica apropriada em humanos”.

Segundo o professor responsável pela investigação, esta pode ser a primeira vacina a ser aplicada a larga escala, pois é a única que apresenta os melhores resultados em comparação a outras que ainda estão em desenvolvimento por todo o mundo.

O professor que lidera a equipa de investigadores da Universidade de Flinders e que está a desenvolver a Covax-19, já desenvolveu as vacinas para a gripe suína e gripe das aves, cujos processos foram semelhantes aos que agora está desenvolver na nova vacina.

Na terceira fase dos ensaios clínicos, a vacina vai ser aplicada em 50 mil pessoas.

Envie este conteúdo a outra pessoa