Covid-19: Substância ativa da Janssen foi contaminada com outra vacina 253

A Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed), anunciou, no seu portal, que a União Europeia (UE) tomou conhecimento que um lote da substância ativa usada no fabrico da vacina Janssen foi contaminado com material de outra vacina.

“As autoridades na União Europeia (UE) tomaram conhecimento que um lote da substância ativa usada no fabrico da vacina covid-19 Vaccine Janssen foi contaminado com material de outra vacina produzida no mesmo local de fabrico”. indica o Infarmed.

A contaminação teve lugar em Maryland nos Estados Unidos da América, propriedade da Emergent Biosolutions.

O lote em causa não foi utilizado no fabrico de vacinas para o mercado da UE.

Contudo, “os lotes de vacina libertados para o mercado da UE não foram afetados por esta situação de contaminação cruzada. No entanto, por medida de precaução e de salvaguarda da qualidade das vacinas, as autoridades supervisoras que se encontram a avaliar esta situação recomendaram a não colocação no mercado da UE das vacinas covid-19 Vaccine Janssen que contêm substância ativa que tenha sido produzida no período coincidente ao fabrico que deu origem à contaminação cruzada”.

As autoridades da UE estão a fazer o máximo possível para salvaguardar os fornecimentos com esta vacina e mitigar os efeitos de qualquer atraso no fornecimento da mesma.

Pode ler a Circular informativa aqui.

 

Envie este conteúdo a outra pessoa