Covid-19: Farmacêuticos espanhóis apresentam conjunto de ações para a campanha de vacinação 148

O Conselho Geral dos Colégios Oficiais de Farmacêuticos de Espanha (CGCOF) enviou através dos Conselhos Autónomos e dos Colégios Provinciais, às autoridades regionais de saúde, um conjunto de ações com o intuito de contribuir para a campanha de vacinação contra a covid-19.

A primeira medida apresentada tem a ver com a informação. As vacinas estão a ser alvo de inúmeras notícias falsas que promovem a desconfiança dos cidadãos. Para combater isso, o CGCOF colocou à disposição das autoridades a rede de mais de 22.000 farmácias espanholas como pontos de informação seguros. Para isso, lançou um programa de capacitação para farmacêuticos sobre a vacinação contra covid-19, disponibilizando as informações preparadas pelo Ministério da Saúde para toda a rede de farmácias.

Para além disso, o Conselho ofereceu-se também para estabelecer, em conjunto com as autoridades regionais, programas de adesão e acompanhamento das diretrizes de vacinação, para garantir a eficácia das vacinas, especialmente aquelas que requerem duas doses.

A terceira ação apresentada diz respeito à participação dos farmacêuticos nas ações de farmacovigilância.Dada a capilaridade na distribuição de farmacêuticos e a sua formação especializada, o Conselho entende que a profissão desempenha um papel estratégico na garantia da monitorização dos aspetos relacionados com a segurança deste tipo de vacinas, face até à sua experiência e colaboração regular em programas específicos de farmacovigilância.

Pode ler a informação do CGCOF aqui.

Envie este conteúdo a outra pessoa