Biogen anuncia que vai eliminar combustíveis fósseis das suas operações 149

A Biogen anunciou, através de comunicado, que vai eliminar combustíveis fósseis das suas operações a nível mundial, até 2040, assim como pretende colaborar com diversas instituições com o intuito de melhorar a saúde das populações, sobretudo das comunidades mais vulneráveis.

Estas duas iniciativas estão integradas no programa de responsabilidade Healthy Climate, Healthy Lives, no qual a empresa prevê investir 250 milhões de dólares (mais de 214 milhões de euros).

Para atingir esta meta, a Biogen definiu um plano de medidas a adotar a partir de 2021, e que passam por passar a utilizar até 2040 somente fontes de energia renováveis em todas as operações da empresa; apoiar os seus fornecedores a adotar medidas de eliminação de combustíveis fósseis; substituir a sua atual frota por mais de 1500 veículos elétricos até 2025; estabelecer novas metas de química verde até 2021; eliminar, minimizar e reciclar plástico derivado de combustível fóssil nas diferentes áreas de atividade da empresa; apoiar outras organizações no combate às alterações climática, através de uma aposta no investimento em empresas e fundos de investimento de alta performance focados nos fatores ESG (ambientais, sociais e de governança); e dar suporte aos colaboradores na adoção de estratégias de não utilização de combustíveis fósseis em casa e na aposta em planos de reforma focados nos fatores ESG.

A Biogen está ainda a colaborar com o MIT e a Escola de Saúde Pública T.H. Chan da Universidade de Harvard, no sentido de encontrar estratégias de mitigação do impacto ambiental e de saúde das alterações climáticas, de promover a implementação de políticas de saúde dirigidas especialmente às comunidades mais vulneráveis, e de apoiar unidades de saúde com poucos recursos.

Envie este conteúdo a outra pessoa