Estudo mostra sobrevivência no cancro da próstata metastizado resistente à castração 0 259

Segundo um ensaio apresentado no Simpósio Presidencial do Congresso de 2019 da Sociedade Europeia de Oncologia Médica, em Barcelona, Espanha, os doentes com cancro da próstata metastático resistente à castração (CPmRC) tratados com docetaxel e que progrediram nos 12 meses com um agente alvo de sinalização de androgénios (abiraterona ou enzalutamida) apresentaram uma sobrevivência livre de progressão radiográfica (SLPr) mais longa com Jevtana (cabazitaxel) mais prednisona comparativamente com a abiraterona mais prednisona ou mais enzalutamida.

O Jevtana (carbazitaxel) é um taxano semissintético de quimioterapia. É um inibidor dos microtúbulos que se liga à tubulina. Isto leva à estabilização dos microtúbulos, o que resulta na inibição das funções celulares de interfase e fase mitótica.

O Jevtana em associação com prednisona ou prednisolona é indicado no tratamento de doentes adultos com carcinoma da próstata metastizado resistente à castração previamente tratados com um regime contendo docetaxel.

O CARD é um ensaio clínico com sequenciação de tratamentos desenhado para investigar a eficácia e a segurança da sequência de tratamento do Jevtana versus abiraterona ou enzalutamida em doentes com cancro da próstata metastizado resistente à castração (CPmRC) previamente tratados com docetaxel e com progressão de doença nos 12 meses com um agente alvo de sinalização de androgénios.

Envolveu 62 centros em 13 países europeus, com a inclusão de 255 doentes (mediana de idade 70 anos, 31% com mais de 75 anos) com CPmRC que foram previamente tratados com docetaxel e que progrediram até aos 12 meses com um agente alvo de sinalização de androgénios, em qualquer sequência.

Jevtana mais do que duplicou a sobrevivência livre de progressão radiográfica e reduziu significativamente o risco de morte em 36%.

O cancro da próstata é um dos tipos mais comuns de cancro entre os homens. É a segunda principal causa de morte relacionada com o cancro entre os homens nos Estados Unidos e a terceira na Europa.

Envie este conteúdo a outra pessoa