Adalberto Campos Fernandes: «O problema maior do SNS é a falta de investimento» 0 227

O anterior ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, afirmou que o maior problema do SNS é a falta de investimento em infraestruturas e em profissionais e lembrou que uma Lei de Bases não vai resolver todas as questões.

«A Lei de Bases não vai ser o alfa e o ómega para a resolução dos problemas do Serviço Nacional de Saúde (SNS). O problema maior hoje é a falta de investimento em infraestruturas e equipamentos e também no edifício das profissões», afirmou Adalberto Campos Fernandes, que deixou o Governo há cerca de dois meses.

O antigo ministro falava num debate promovido pelo PS sobre a nova Lei de Bases de Saúde, que contou com a participação da nova ministra e sua sucessora, Marta Temido, avança a agência “Lusa”.

Sobre a nova Lei de Bases, Adalberto Campos Fernandes entende que «todos no PS estão de acordo» sobre a necessidade de ter um novo documento, que substitua o atual, que tem 28 anos.

«O PS é o partido criador do SNS e tem obrigação de ter uma proposta de lei que seja sua e isso não significa que não deva não ser discutido com outras pessoas que não são do PS», acrescentou o ex-ministro.

Outra antiga ministra da Saúde socialista, a médica Ana Jorge, avisou que é preciso que a população perceba que «está em risco de perder o serviço público de saúde».

«Que a Lei de Bases seja suficientemente forte, mas sem esquecer os princípios básicos que permitam que o SNS seja para todos e com qualidade,», defendeu Ana Jorge.

Envie este conteúdo a outra pessoa