Acordo para troca de seringas nas farmácias ainda não saiu do papel 0 109

Acordo para troca de seringas nas farmácias ainda não saiu do papel

30 de setembro de 2014

Foi anunciado para arrancar antes do verão, mas ainda não passou do papel o regresso às farmácias do programa de troca de seringas, bem como uma série de outros programas de promoção da saúde pública anunciados pelo Governo no início de julho e na altura da greve dos médicos.

Em resposta enviada por escrito à “TSF”, a Associação Nacional das Farmácias (ANF) garante que tem tudo pronto para reativar o Programa de Troca de Seringas e para avançar com qualquer um dos outros programas de saúde pública previstos no acordo.

Do outro lado, o INFARMED explica que aquilo que foi assinado em julho pretende apenas «orientar» os serviços a desenvolver pelas farmácias.

Antes de avançar com a troca de seringas ou com o também anunciado programa-piloto de auto-vigilância das diabetes, é preciso ter a funcionar uma Comissão de Acompanhamento apenas criada a 19 de setembro por despacho do Secretário de Estado da Saúde e que vai estar reunida, pela primeira vez, em outubro.

Sem indicar datas, o INFARMED refere que será esta Comissão de Acompanhamento a definir as prioridades e os serviços a desenvolver pelas farmácias, garantindo que está tudo pronto, tecnicamente, para avançar com qualidade, no terreno, com os vários programas de promoção da saúde pública.

Ainda em declarações à “TSF”, a presidente da Associação Farmácias de Portugal (AFP), que também assinou o acordo, garante que não era possível ter este plano a funcionar antes do fim do verão. Manuela Pacheco explica que é preciso definir primeiro, por exemplo, o que é que as farmácias vão receber por participarem nestes programas.

Quanto à troca de seringas, a responsável da AFP não se recorda de ver o ministro prometer que o programa, parado há dois anos, regressava às farmácias antes do fim do verão. Mas garante que o projecto vai ser reativado rapidamente.

Envie este conteúdo a outra pessoa