AbbVie: EMA concede avaliação acelerada a tratamento em investigação para a hepatite C 0 99

AbbVie: EMA concede avaliação acelerada a tratamento em investigação para a hepatite C

01 de fevereiro de 2017

A AbbVie anunciou que o pedido de Autorização de Introdução no Mercado do seu regime terapêutico em investigação para o tratamento dos principais genótipos da infeção pelo vírus da hepatite C foi validado, e está agora a ser alvo de avaliação acelerada pela Agência Europeia do Medicamento (EMA).

Caso seja aprovado. o regime terapêutico G/P pode oferecer um tratamento de curta duração para os doentes de genótipo 1-6 (GT1-6), sem cirrose, que são a maioria dos doentes infetados pelo vírus da hepatite C e uma opção de tratamento para os doentes com cirrose compensada. O regime terapêutico G/P está também indicado para pessoas com doença difícil de tratar, incluindo os doentes com doença renal crónica grave (DRC) e os doentes que não atingiram a cura no tratamento anterior com antivirais de ação direta (AAD).

«Estamos muito satisfeitos com o potencial do nosso regime terapêutico em investigação pan-genotípico e com a decisão de rápida avaliação pela EMA. Vamos trabalhar em estreita colaboração com a EMA enquanto continuamos a concretizar o nosso compromisso de proporcionar a cura para o maior número possível de doentes infetados pelo vírus da hepatite C», disse, em comunicado, Michael Severino, vice-presidente executivo do departamento de investigação e desenvolvimento da AbbVie.

«Acreditamos que o regime terapêutico G/P representa um potencial avanço no tratamento da infeção pelo vírus da hepatite C, encurtando a duração do tratamento para apenas 8 semanas para a maioria dos doentes que vivem com hepatite C crónica sem cirrose», acrescentou.

Envie este conteúdo a outra pessoa