Tecnologia, estratégia e organização para responder aos desafios 0 402

No segundo painel da tarde do o Rethinking Pharmacy, Fórum de discussão para promover o debate sobre a Farmácia em Portugal, que está a decorrer no Centro de Congressos de Tróia, falou-se de Supply Chain Management.

A sessão dedicada ao Rethinking Supply Chain Management “Da prateleira para a cabeceira”, teve moderação de Ema Paulino, da Ordem dos Farmacêuticos.

Contou com João Silveira Lobo (Professor de Economia, Nova School of Business and Economics), Tiago Galvão (Chief Executive Officer Alliance Healthcare) e Luisa Santos (Pharmacy Marketing & Sales Manager, Novartis).

Adequação a um contexto cada vez mais tecnológico, estratégia e organização são as três vertentes em que as farmácias se tem de focar para responder aos desafios do futuro, defendeu João Silveira Lobo.

“Não esperem resultados diferentes se continuarem a fazer tudo da mesma forma”, referiu.

Amanhã, o Rethinking Pharmacy continua a partir das 09:30 com dois painéis. O primeiro é dedicado ao tema “Rethinking Pharmacy Differentiation”, com a moderação de Diogo Gouveia e com a participação de Luís Marques (Porto Business School), Ana Varela (actriz, mãe & ecofriend), Pedro Lima (actor & pai), Helena Isabel (actriz & mãe).

A segunda sessão é subordinada ao tema do Rethinking New Government – New Challenges: “Novo Governo – Novos Desafios para a Farmácia” com a moderação de Paulo Duarte e com os key note speakers Dr. Eurico Castro Alves (Presidente da Convenção Nacional de Saúde), Ema Paulino (em representação da Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos), de Paulo Horta Carinha (assessor para a área do Medicamento do Centro Hospitalar de S.João), Humberto Martins (Director-Geral do Infosaúde – Director de Assuntos Profissionais da ANF) e Antonio Faria Vaz (em representação do Presidente do Infarmed).

Envie este conteúdo a outra pessoa