Técnicos de diagnóstico em greve ameaçam paralisar SNS 0 101

Os técnicos de diagnóstico e terapêutica cumprem na próxima segunda-feira, 29 de outubro, um dia de greve. No mesmo dia realizam uma manifestação na Praça Marquês de Pombal, em Lisboa, marcada para as 14h. Em causa está o processo de regularização da carreira e revisão de salários. Os profissionais pedem ainda integração de mais técnicos.

A paralisação foi convocada pelo Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica (STSS), Sindicato dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e
Terapêutica (Sindite), Sindicato dos Fisioterapeutas Portugueses (SFP) e Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública e de Entidades com fins públicos (Sintap) que representam cerca de dez mil profissionais.

«A greve nacional dos técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica vai voltar a paralisar o Sistema Nacional de Saúde (SNS)», afirma o Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica numa nota de imprensa.

Envie este conteúdo a outra pessoa