Takeda recebe autorização da CE para comprar Shire 0 139

A Takeda anunciou que recebeu autorização da Comissão Europeia para a aquisição da biofarmacêutica irlandesa Shire, por 62 mil milhões de dólares. A Takeda espera que o agente experimental SHP647 «atraia o interesse de vários potenciais compradores», avança o “FirstWord Pharma”.

Christophe Weber, chief executive da farmacêutica japonesa, referiu que a empresa está «muito satisfeita  por ter obtido autorização, a aprovação regulamentar final necessária para prosseguir com nossa aquisição da Shire». Sujeita ainda a aprovações por parte de acionistas, a Takeda espera que a fusão esteja concluída em 8 de janeiro do próximo ano.

A Comissão Europeia levantou algumas preocupações sobre a possibilidade da Takeda poder descontinuar o desenvolvimento do agente experimental SHP647, uma vez que atualmente comercializa a terapia inflamatória intestinal Entyvio (vedolizumab) – que pertence à mesma classe de biológicos – podendo levar «a uma perda de inovação e a uma redução no potencial da competição futura».

Para tranquilizar essas preocupações, a Takeda ofereceu a alienação do SHP647, que está na Fase III de testes para a doença de Crohn e colite ulcerativa, «incluindo os direitos o seu desenvolvimento, fabricação e comercialização, a um comprador que teria um incentivo para o desenvolver».

De acordo com o site “FirstWord Pharma” , aguns investidores da Takeda questionaram como a farmacêutica japonesa planeia pagar a dívida necessária para financiar a aquisição.

O acordo foi previamente aprovado pelos reguladores nos EUA, no Japão e na China.

Envie este conteúdo a outra pessoa