Spray nasal para a depressão poderá ser «a descoberta do século» 0 1188

Um medicamento para tratar formas severas de depressão que não respondem a outros medicamentos, está a ser apelidado por vários especialistas como «a descoberta do século».

O produto, desenvolvido pela Johnson & Johnson, apresenta-se como um spray nasal e foi inspirado na forma como a ketamina atua no corpo humano, de acordo com o “Business Insider”. O meio avança que esta terça-feira foram dados passos importantes para a aprovação do medicamento por parte da Food and Drug Administration (FDA). Foi feita uma votação feita por um painel de especialistas convocados pela FDA a favor dos efeitos positivos do medicamento. Com 14 votos a favor e 2 contra, os especialistas consideraram também que os benefícios se sobrepõem aos riscos.

«Acho que há provas bastante sólidas que mostram que este medicamento pode mudar tudo», disse Steven Meisel, médico e um dos 17 membros votantes do painel, citado pela fonte.
De acordo com o “Business Insider”, os antidepressivos habituais funcionam através da ligação dos locais onde o nosso cérebro absorve a serotonina, um mensageiro químico que desempenha um papel fundamental no humor. A ketamina parece atuar numa parte diferente do cérebro e é por isso que é denominada «a descoberta mais importante» dos últimos 50 anos para a doença mental. Atuando de forma mais rápida, o medicamento pode ser utilizado nos casos mais extremos, como o desenvolvimento de pensamentos suicidas.

A imprensa norte-americana afirma que se o fármaco for introduzido no mercado, este será um dos maiores avanços no tratamento da saúde mental desde o início da comercialização do Prozac, em 1987. Espera-se que a aprovação da FDA surja em março.

Envie este conteúdo a outra pessoa