Quota de genéricos comercializados no SNS aumentou entre janeiro e novembro 0 88

Quota de genéricos comercializados no SNS aumentou entre janeiro e novembro

20 de Fevereiro de 2015

O INFARMED anunciou, em comunicado, que relativamente à dispensa de medicamentos em ambulatório, entre janeiro e novembro de 2014, registou-se um crescimento, face ao período homólogo, da quota de genéricos comercializados no Serviço Nacional de Saúde, situando-se nos 46,4%, o que representa um aumento de 1,80 pontos percentuais (p.p.).

No mercado concorrencial, isto é, no conjunto de substâncias ativas que possuem genéricos comercializados nas farmácias, a quota de medicamentos genéricos atingiu o valor de 63,5%. No âmbito dos encargos do SNS, registou-se uma diminuição de 0,4% (sem subsistemas entre janeiro e março de 2014), observando-se um aumento de 2,3% no número de unidades dispensadas.

A Autoridade Nacional do Medicamento deu também a conhecer o relatório relativo às Vendas de Medicamentos Não Sujeitos a Receita Médica (MNSRM) fora das Farmácias, no ano de 2014. O documento mostra que houve um aumento da disponibilização de embalagens, em locais de venda de MNSRM, de 4,2%, face ao período homólogo, totalizando 7.699.484 embalagens. O relatório revela ainda um aumento em valor de 12,4% deste mercado,  que perfaz um total de 41.406.325 euros.

Envie este conteúdo a outra pessoa