Projeto “A minha saúde, a minha comunidade” quer comissão de utentes nos centros de saúde 0 94

Projeto “A minha saúde, a minha comunidade” quer comissão de utentes nos centros de saúde

 


26 de fevereiro de 2018

O projeto “A minha saúde, a minha comunidade”, que visa a criação de uma comissão de utentes em todas as Unidades de Saúde Familiar (USF), vai ser apresentado terça-feira em Lisboa.

Trata-se de uma iniciativa da Deco Proteste e da Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiares (USF-AN) que foi criada no último ano e meio e pretende obter resultados “ainda mais positivos” na governação destas unidades de saúde.

Bruno Santos, da DECO Proteste, explicou à agência “Lusa” que a criação das comissões de utentes nas USF vai “reforçar o elo de ligação entre a unidade e a comunidade que serve”.

O projeto tem duas vertentes: por um lado, quer «levar ao conhecimento da USF a forma como a comunidade vê a resposta» desta unidade de saúde.

Por outro, prosseguiu Bruno Santos, é promovida a implementação de projetos inovadores para populações especiais, como escolas, centros de dia ou vocacionados para determinadas doenças.

A constituição das comissões resultará de «um processo voluntário», através do qual as pessoas irão propor-se.

O processo de candidatura será seguido de um outro de aprendizagem de noções básicas em saúde, tendo em conta que, «muitas vezes, as pessoas querem contribuir, mas sentem-se com pouco conhecimento do setor».

O projeto arranca este ano e pretende dotar a sociedade civil de um maior conhecimento sobre participação dos cidadãos em saúde, em estreita colaboração com as administrações das mesmas.

Numa sessão que decorrerá na terça-feira em Lisboa irão ser debatidos os objetivos deste projeto para 2018 e ainda a importância do envolvimento dos cidadãos na causa pública e no futuro do Sistema Nacional de Saúde (SNS).

Envie este conteúdo a outra pessoa