Pfizer vai aumentar produção da vacina 199

A Pfizer anunciou que a farmacêutica vai aumentar a produção da sua vacina contra a covid-19, para alcançar os 2,5 mil milhões de doses até final do ano.

A noticia foi avançada pela diretora de pesquisa e desenvolvimento da Pfizer, Kathrin Jansen, que participou, por videoconferência, no encontro Ciência 2021, promovido pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, em colaboração com a Agência Nacional de Cultura Científica e Tecnológica – Ciência Viva.

“Vamos aumentar a nossa produção e, no final do ano, pensamos ter 2,5 mil milhões de doses da vacina produzidas”, avançou.

Segundo Kathrin Jansen, a empresa vai trabalhar em novas fórmulas da vacina que permitam o seu armazenamento de uma forma mais fácil, assim como o reforço da imunização conferida pelo medicamento.

“Vamos explorar o reforço da imunização, porque não sabemos quando a eficácia (da vacina) pode reduzir-se e queremos estar preparados”, explicou Kathrin Jansen.

Segundo a cientista, a vacina da Pfizer-BioNTech “levou apenas nove meses” até receber a autorização para uso de emergência nos Estados Unidos e, até à última semana, o fármaco já recebeu a autorização em mais de 80 países e já foram entregues mais de 800 milhões de doses a nível global.

Lembrar que a vacina desenvolvida pela farmacêutica americana Pfizer e pelo laboratório alemão BioNTech, que é administrada em duas doses, utiliza uma tecnologia assente numa molécula denominada RNA mensageiro (mRNA).

Envie este conteúdo a outra pessoa