“Os farmacêuticos são os que melhor conhecem a vivência dos doentes” 552

“Sempre Jovens – Viver Mais e Melhor” é o mais recente livro da coleção Farmácia Distribuição. António Hipólito de Aguiar, aqui acompanhado pela médica Marta Padilha, dispensa apresentações no mundo da Farmácia. O Netfarma conversou com o autor sobre a sua nova obra.

Para o farmacêutico, “o antienvelhecimento é uma matéria que nos diz a todos um pouco…ou muito, pois é a nossa existência que está em causa. Na realidade, a ideia, neste caso, resultou de uma partilha com uma médica que se dedica em exclusivo a esta área, porquanto considerámos que existe a necessidade de organizar o raciocínio sobre este tema”.

Mas porque é que um farmacêutico se debruça sobre este assunto? Hipólito de Aguiar não tem dúvidas: “porque sou um profissional de saúde envolvido, muito diretamente, na melhoria da Saúde, como todos os farmacêuticos, e é exatamente isso que se pretende com esta abordagem: viver mais e melhor, o próprio subtítulo do livro”.

E é também aí que se centra o objetivo desta obra. Segundo o autor, a intenção é “contribuir para que os profissionais de saúde possam ter um conhecimento mais organizado sobre os aspetos que impactam o envelhecimento e de que forma podemos ajudar”. António Hipólito de Aguiar acredita que os farmacêuticos “são, sem dúvida, agentes de mudança, pois são os que melhor conhecem as várias vertentes da vivência dos doentes e, consequentemente, podem avaliar a melhor forma de oferecer Saúde”.

Leia toda a entrevista na Revista Farmácia Distribuição de fevereiro.

Pode adquirir o livro “Sempre Jovens – Viver Mais e Melhor” no portal Netfarma, AQUI.

Envie este conteúdo a outra pessoa