México dá luz verde a vacina contra o dengue de laboratório francês 0 96

México dá luz verde a vacina contra o dengue de laboratório francês

10 de Dezembro de 2015

O México deu hoje luz verde a uma vacina contra o dengue, que foi desenvolvida pela empresa farmacêutica francesa Sanofi, tornando-se no primeiro país do mundo a permitir a sua utilização.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o dengue é a doença, transmitida pelo mosquito, que mais cresce no mundo, acima de 400 milhões de pessoas infetadas por ano, avançou a “Lusa”.

A Sanofi, que desenvolveu a vacina Dengvaxia, já solicitou a aprovação regulatória em 20 países da Ásia e da América Latina.

Embora o preço ainda não tenha sido decidido, a vacina tem o potencial de ser uma droga de «sucesso público» e de gerar mais de mil milhões de dólares por ano de receitas para a Sanofi, segundo Olivier Charmeil, responsável pelo departamento de vacinas da empresa.

«É um momento muito importante para a história da saúde pública», salientou, descrevendo a vacina como a «inovação da década».

As autoridades de saúde mexicanas ainda não decidiram se a Dengvaxia vai integrar o plano nacional de vacinas, sendo assim, distribuída a custo zero.

As autoridades mexicanas estimam que a vacina evite oito mil hospitalizações e 104 mortes por ano.

A vacina foi testada em 40.000 pessoas de 15 países e os resultados revelaram que pode criar imunidade em dois terços dos vacinados com idades entre os nove anos e mais velhos.

Os testes verificaram também que a vacina reduz em 80% as hospitalizações.

O dengue provoca a morte a 22 mil pessoas por ano, segundo a OMS.

Envie este conteúdo a outra pessoa