Maiores hospitais do país unem-se contra laboratório norte-americano 0 120

Maiores hospitais do país unem-se contra laboratório norte-americano

28 de Janeiro de 2015

Os hospitais de S. João e de Santo António, no Porto, os Hospitais Universitários de Coimbra, o Hospital de Santa Maria e o Centro Hospitalar Lisboa Central (S. José) vão interpor uma providência cautelar contra a farmacêutica Gilead Sciences.

As negociações do Ministério da Saúde com a empresa para tentar baixar o preço do novo medicamento com elevadas taxas de sucesso na cura da hepatite C ainda estão a decorrer, mas os principais centros hospitalares decidiram unir-se contra a farmacêutica norte-americana.

Para além da providência cautelar por abuso de posição dominante e da queixa a apresentar na Autoridade da Concorrência, as instituições em causa vão declarar a Gilead Sciences como empresa hostil e cancelar as autorizações para os profissionais de saúde participarem em congressos patrocinados por aquele laboratório, de acordo com informação avançadas pelo “Jornal de Notícias”.

Envie este conteúdo a outra pessoa