Hepatite C: CHMP concorda com redução do tempo do regime de tratamento da AbbVie 0 101

Hepatite C: CHMP concorda com redução do tempo do regime de tratamento da AbbVie

 


16 de março de 2017

A AbbVie anunciou que o Comité dos Medicamentos para Uso Humano (CHMP) da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) emitiu uma opinião positiva a um regime de tratamento mais curto, de oito semanas, para ombitasvir/paritaprevir/ritonavir comprimidos e dasabuvir comprimidos, em doentes adultos com infeção crónica pelo vírus da hepatite C de genótipo 1b e fibrose mínima a moderada sem exposição anterior ao tratamento.

Esta opinião positiva do CHMP surge numa altura em que Henrique Luz Rodrigues, presidente do INFARMED, confirmou a existência de um novo acordo entre a entidade reguladora e a AbbVie em Portugal para a comparticipação dos medicamentos para a infeção pelo vírus da hepatite C, Viekirax e Exviera.

«A AbbVie continua a trabalhar para aumentar a utilidade dos tratamentos anti-VHC que disponibiliza, incluindo através da investigação de uma via mais curta para a cura virológica em pessoas infetadas pelo VHC», declarou Michael Severino, vice-presidente executivo do departamento de investigação e desenvolvimento e diretor científico da AbbVie.

«Com esta opinião positiva do CHMP, iremos disponibilizar uma opção de tratamento de oito semanas aos muitos doentes com VHC de GT1b», acrescentou, em comunicado.

A Opinião Positiva do CHMP é sustentada por dados resultados do estudo dedicado de fase 3b GARNET.

Envie este conteúdo a outra pessoa