Guia de referência da FIP sobre diabetes ajuda farmacêuticos a alcançar competências 444

A Federação Farmacêutica Internacional (FIP) publicou esta quarta-feira o “Guia de Referência de Conhecimentos e Habilidades para o Desenvolvimento Profissional em Diabetes”, ferramenta relevante para farmacêuticos.

Em comunicado, a entidade explica que “tem defendido o papel dos farmacêuticos na prevenção e tratamento de doenças crónicas desde 2006, e que este último guia, que pretende ser um complemento do manual de diabetes da FIP para farmacêuticos publicado em 2021, ajudará estes profissionais a identificar e adquirir competências, como triagem e gestão clínica”. Para lá de apoiar estes profissionais a se aprimorarem à medida que as suas carreiras se desenvolvem, a nova publicação da FIP “destina-se a orientar a conceção e a entrega de programas de educação e treino por provedores de desenvolvimento profissional contínuo”. 

A FIP explica que o documento “reconhece que existem algumas barreiras e regulamentações em torno da prestação de serviços relacionados aos diabetes em alguns países”. No entanto, enfatiza que “a incorporação de farmacêuticos em equipas multidisciplinares de tratamento de diabetes deve sempre ser fortemente considerada por médicos e responsáveis de políticas de saúde”. Os autores do estudo afirmam que, “ao expandir todo o potencial dos farmacêuticos na prestação de cuidados de diabetes e serviços associados, aproximamo-nos de poder oferecer serviços de saúde ideais aos pacientes, garantindo que ninguém seja deixado para trás”.

Sendo a diabetes uma condição de saúde que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, os “farmacêuticos estão posicionados para apoiar os pacientes nas suas jornadas de saúde, apoiando a prevenção, tratamento, triagem e gestão de medicamentos como parte de equipas de cuidados multidisciplinares”. A FIP continua, reiterando que “o guia também pode ser usado por educadores e provedores de educação continuada para fazer referência cruzada de conteúdo e resultados de aprendizagem com as informações incluídas no guia”, disse Astrid Czock, líder do Centro de Desenvolvimento da Força de Trabalho do FIP.

WordPress Ads

Envie este conteúdo a outra pessoa