“É giro ter o meu nome no reino”. Entre a tese de mestrado e a farmácia comunitária, Tânia Martins venceu a 1.ª temporada do GAME OF FARMA 780

“Foi muito bom”. Assim reage Tânia Martins, a cara por detrás da guerreira Tânia, que ocupa assim o Trono dos 7 Reinos do jogo GAME OF FARMA, depois de conquistar 5.215.950 pontos na 1.ª temporada.

“Fiquei muito contente por ter ganho porque era um curso pelo qual tinha bastante interesse”, refere a vencedora, que poderá participar no Programa Executivo “Strategic Management & Innovation” do ISEG Executive Education, no valor de 1.900€, prémio atribuído pela Farmácia Distribuição.

Entre a tese de mestrado em Ciências Farmacêuticas e o trabalho na Farmácia Liz, em Sesimbra, Tânia Martins assume que procurou gerir o seu tempo de modo a alcançar a máxima produtividade no jogo. “Faço 40 horas semanais, as folgas acabam por ser dedicadas ao estudo e os tempos livres ao GAME OF FARMA”, explica.

“Fiquei muito contente por ter ganho porque era um curso pelo qual tinha bastante interesse”, refere a vencedora

No período de um ano, distribuído por quatro estações e mais de 1120 guerreiros, Tânia Martins foi a mais pontuada, num top 10 totalmente dominado por mulheres. Por isso mesmo, a guerreira Tânia ocupa hoje o Trono dos 7 Reinos. “É giro ter o meu nome no reino”, conclui a primeira vencedora do GOF, que regressa a 1 de agosto.

GAME OF FARMA é uma iniciativa da revista FARMÁCIA DISTRIBUIÇÃO, com o patrocínio ALTER GENÉRICOS e com o apoio do Arquivo Nacional das Farmácias, um projeto da ANF, da Escola de Pós-Graduação em Saúde e Gestão, da Plural+Udifar, das Farmácias Holon e da OCP. As revistas FARMÁCIA CLÍNICA e MARKETING FARMACÊUTICO, o Portal NETFARMA e a e-newsletter FARMANEWS são os media partners deste jogo.

WordPress Ads

Envie este conteúdo a outra pessoa