Covid-19: Organização Mundial de Saúde declara pandemia 1011

A Organização Mundial de Saúde (OMS), declarou esta quarta-feira, a pandemia de Covid-19, doença causada o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

A OMS justifica a declaração de pandemia com “níveis alarmantes de propagação e inação”.

Segundo a OMS, os números de infectados, mortes e de países atingidos deve aumentar.

“Podemos esperar que o número de casos, mortes e países afetados aumente”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Apesar disso, ressaltam que a declaração não muda as orientações e os governos devem manter o foco na contenção da circulação do vírus.

“Os países podem ainda mudar o curso desta pandemia se detetarem, testarem, tratarem, isolarem, rastrearem e mobilizarem as pessoas na resposta”, indicou Tedros Adhanom Ghebreyesus, na sede da OMS, em Genebra, na Suíça.

“A descrição da situação como uma pandemia não altera a avaliação da OMS da ameaça representada por esse vírus. Isso não muda o que a OMS está fazendo nem o que os países devem fazer”, indicou o diretor-geral da OMS.

Tedros Adhanom Ghebreyesus terminou por indicar que “este é o primeiro coronavírus a ser chamado de pandemia, mas também acreditamos que será o primeiro a ser contido ou controlado”.

Envie este conteúdo a outra pessoa