Comissário europeu pede «abordagem concertada e estratégica» da vacinação na UE 0 118

Comissário europeu pede «abordagem concertada e estratégica» da vacinação na UE

 

 

04 de setembro de 2018

À margem da Ação Comum europeia sobre vacinação, o comissário europeu para a Saúde, Vytenis Andiukaitis, reforçou a necessidade de uma «abordagem concertada e estratégica» para combater a resistência às vacinas, bem como melhorar a taxa de vacinação na União Europeia.

Lançada este ano, a Ação Comum tem como objetivo reforçar as respostas nacionais aos desafios da vacinação e favorecer uma cooperação comunitária duradoura contra «doenças evitáveis pela vacinação».

Para o comissário europeu, este projeto «ajudará a salvar vidas na Europa, particularmente aquelas dos grupos mais vulneráveis, como as crianças», sublinando ainda que «as doenças infecciosas não param nas fronteiras».

A Comissão Europeia já havia recomendado, em abril, o desenvolvimento de planos nacionais ou regionais de vacinação, com uma meta comum de cobertura de 95% contra o sarampo, e ainda a criação de um programa de vacinas comum na União Europeia até 2020.

Esta ação é coordenada pela França e conta com um orçamento global de 5,8 milhões de euros.

Envie este conteúdo a outra pessoa